quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Relido: No Reino Perdido do Beleléu - Maria Heloisa Penteado


“Às vezes é bem ruim ser criança pequena, porque os grandes, esses doutores sabe-tudo, não levam a gente a sério” 

Comentei na TAG The Name Book que quando peguei esse livro para ter a letra N, acabei ficando com vontade de relê-lo. Decidi saciar essa vontade.

Título Original: No Reino Perdido do Beleléu
Título Nacional: --
Subtítulo:--
Saga:--
Autor(a): Maria Heloisa Penteado
Resenhas Anteriores do Autor:--
Editora: Ática
Páginas: 80
Sinopse:



No Reino Perdido... é um livrinho super curto, li-o todo de uma só vez em pouquíssimo tempo. É uma história infantil bem bobinha, mas não quer dizer que seja ruim.

É claro que leitores mais experientes não irão se apaixonar, mas é um livro muito legal de ler quando pequena. Sua curta história consegue ser engraçada e não tão condescendente como muitos livros infantis insistem em ser.

E quando a gente tem medo, vê e escuta tanta coisa... 

É um bom livro para aquela criança apenas começando nesse mundo literário (assim como eu mesma fui uma vez). Tem joguinhos no meio dele e ilustrações aqui e acolá, apesar de essas últimas muitas vezes estarem postas em lugares super inconvenientes cortando frases.

Ainda assim, se você tem algum pequeno leitor, ou se até mesmo quer um livrinho para ler numa tarde sem compromisso, No Reino Perdido do Beleléu pode ser uma boa pedida... Só não vá perdê-lo. rs

Nota 3/5

  • Não achei nenhum erro de português, muito bem ^^
  • Gosto dessa capa. Demonstrando a rainha (apesar de ela estar bem diferente das ilustrações de dentro do livro) desse reino e apenas a forma do Joaquim, o macaquinho/macacão que acaba sendo o melhor personagem da história. Tem um ar de simplicidade que cai bem ao livro.


Minha velhinha Edição (clique para aumentar):

9 comentários:

  1. Eu gostei da resenha. Acho tão fofinho livros infantis. Quando tiver um filho quero comprar logo de início para incentivar com coisas simples assim.
    Eu só não gostei da capa, achei meio antigona, sei lá.

    Curta a nossa página no FB: https://www.facebook.com/pages/Desbravadores-de-livros/533009516713291.
    M&N | Desbrava(dores) de Livros

    ResponderExcluir
  2. Parece ser bem legalzinho este livro, quando li essa resenha, entrei instantaneamente em um flashback da minha infância, e lembrei de vários livros que eu li quando pequeno, até me fez pensar que poderia relê-los! :D

    Até mais...

    www.bookolicos.com

    ResponderExcluir
  3. Gostei da dica, não p mim embora goste muito de infanto juvenis, mas neste caso para ler com minha sobrinha HAHAHAHA. Essas historinhas assim são uma delícia, aguçam a imainação e fazem a criança gostar de ler.

    Abs

    http://tediosoc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. O livro deve ser bem legal,
    não conhecia... Na verdade nunca tinha
    visto, mas se eu encontrar vou ler

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Bru!

    Que fofo! Tenho vontade de reler historinhas infantis que fizeram parte da minha infância. Meu filho já está grandalhão e acho que ele não vai gostar muito, senão compraria para ler para ele. rsrs

    Beijos!!

    Escrev'Arte

    ResponderExcluir
  6. "Que coisa mais linda, mais cheia de graça..."
    Hehehehehehehe!!!
    Adorei esse título, Bruna! :)

    Beijos!

    Café com Leituras!
    http://cafecomleiturasneriana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Hey, indiquei seu blog em um selinho:
    http://euleiosophieoliver.blogspot.com.br/2013/08/selinho-10-livros-que-mais-gostei.html

    ResponderExcluir
  8. Quando eu tiver filhos, quero que eles tenham acesso a esse tipo de livro desde novinhos! Pra tomar gosto!

    Adorei!
    Um beijo
    www.kvcomvoce.com

    ResponderExcluir
  9. Faltou dar uma sinopse do livro. '-'
    Mas a frase de apresentação me cativou, vou ler e então volto aki ;)

    http://meucoracaonacaneta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe um comentário dando sua opinião. Se concorda ou não. Se lhe inspirou ou deixe uma sugestão.

Todos os comentários são bem-vindos, desde que não sejam ofensivos (não confundir com críticas, que, além de bem-vindas, são incentivadas)

Ah, e não esqueçam de deixar o link do seu blog (se houver) retribuo todas as visitas e comentário o mais cedo possível ^^

Mas antes de comentar, lembrem-se:
"Não existe opinião certa. Existem certas opiniões. Seja livre e escolha a sua" Arthur Hisoka